Andragogia um Ensino para Adultos: Breve Revisão Sistemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8733.2024v25n1p94-98

Resumo

A palavra Andragogia tem origem grega que une o prefixo “anér” ou “andrós”, que significa adulto, ao sufixo “gogia” arte e ciência da aprendizagem, consolidada somente em 1921, por Rosenstok, que enfatizou como método da educação de adultos, uma teoria estruturada a partir de teóricos que buscaram melhoramentos na educação. Embora sua ampla utilização tenha ocorrido por Malcom Knowles (1913-1997), que ficou conhecido como o pai da Andragogia, ao definir princípios que buscam considerar as diferenças entre adultos e crianças. Sendo esses: autoconceito, experiência e expectativa de tempo. Considerados também como pressupostos para realizar uma checagem entre essas áreas, definidos como: conceito de aprendizagem, papel da experiência e, motivação para aprender. Desse modo, o artigo tem como objetivo conhecer o uso do termo Andragogia em literaturas científicas, tendo como questionamento: o que a literatura informa sobre Andragogia? Sendo encontradas 142 publicações em base de dados eletrônicas. Após avaliação, 21 (vinte e uma) destas preencheram o critério de inclusão, ao apresentar a palavra Andragogia no título dos artigos. Entretanto, após leitura foram selecionadas 5 (cinco) publicações para análise detalhada. A revisão apontou que o referido vocábulo é utilizado em diversas áreas do conhecimento, principalmente, no que tange à educação de adultos, destacando em alguns estudos a importância de uma disciplina no currículo acadêmico.

Palavras-chave: Aprendizagem na Vida Adulta. Conhecimento. Formação Profissional.

Abstract

The word Andragogy has a Greek origin that combines the prefix “anér” or “andrós”, which means adult, to the suffix “gogia” art and science of learning, consolidated only in 1921, by Rosenstok, who emphasized how methods of adult education, a theory structured from theorists who sought improvements in education. Although its wide use occurred by Malcolm Knowles (1913-1997), who became known as the father of Andragogy. By defining principles that seek to consider the differences between adults and children, namely: self-concept, experience and time expectation. Also considered as assumptions to carry out a check between these areas, defined as: concept of learning, role of experience, and motivation to learn. Therefore, the article aims to understand the use of the term Andragogy in scientific literature. The question is: What does the literature say about Andragogy? 142 publications were found in electronic databases. After evaluation, 21 of these met the inclusion criteria, by presenting the word Andragogy in the title of the articles. However, after reading, we selected 5 publications for detailed analysis. The review pointed out that the aforementioned word is used in several areas of knowledge, mainly regarding adult education, highlighting in some studies the importance of a subject in the academic curriculum.

Keywords: Learning in Adult Life. knowledge. Professional Training.

Biografia do Autor

Samya Karla Lopes de Oliveira, Universidade de Cuiabá, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ensino. MT, Brasil.

Mestra em Ensino pelo programa de pós graduação- ampla parceria IFMT e UNIC (2021). Especialista pelo Instituto de Educação/UFMT/Campus Cuiabá-Secretaria de Pós-Graduação Lato Sensu em Educação de Jovens e Adultos e Economia Solidária (2015); Especialista em Coordenação Pedagógica/UFMT (2014); Licenciada em Pedagogia para Educação Infantil pela Universidade Federal de Mato Grosso (2010) e Graduada em Ciências Sociais pelo Centro Universitário UNIRONDON (2004). Professora efetiva do Estado de Mato Grosso na disciplina de Sociologia em Cuiabá/MT. Tem experiência docente na área da Educação Infantil, Sociologia no Ensino Médio, Coordenação Pedagógica e como técnica pedagógica no órgão central SEDUC/MT. Atualmente atua como professora na Escola de Desenvolvimento Integral da Educação Básica Prof.ª Almira de Amorim e Silva (EDIEB/SEDUC/MT).

Cilene Maria Lima Antunes Maciel, Universidade de Cuiabá, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ensino. MT, Brasil.

Possui graduação em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (1980), mestrado em Inovação e Sistema Educativo pela Universidade Autônoma de Barcelona- UAB (2000) e doutorado em Inovação e Sistema Educativo pela Universidade Autônoma de Barcelona (2003). Pós- Doutorado em Ensino pela Universidade Norte do Paraná- UNOPAR.Professora da Universidade de Cuiabá. Foi Coordenadora do TCC - Curso de Educação Física da Universidade de Cuiabá até o ano de 2013. Foi Coordenadora do Mestrado Acadêmico em Ensino até janeiro de 2023 - Universidade de Cuiabá- UNIC. Coordenadora do Comitê de Ética - CEP - UNIC, Resolução nº. 21/2020, Membro do Corpo Editorial - Revista UNOPAR . Foi conselheira do Conselho Municipal de Educação de Cuiabá- MT - Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Desenvolvimento Curricular, Avaliação, Gestão Democrática e Formação docente. Membro do GEPEFel - Grupo de Pesquisa em Educação Física e Lazer - UNIC.e Grupo de estudos em formação de professores, cultura digital e infância- UNIC.

Downloads

Publicado

2024-03-14

Como Citar

OLIVEIRA, Samya Karla Lopes de; MACIEL, Cilene Maria Lima Antunes. Andragogia um Ensino para Adultos: Breve Revisão Sistemática. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, [S. l.], v. 25, n. 1, p. 94–98, 2024. DOI: 10.17921/2447-8733.2024v25n1p94-98. Disponível em: https://revistaensinoeeducacao.pgsscogna.com.br/ensino/article/view/10854. Acesso em: 13 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos