A Cultura Maker como Metodologia Ativa de Ensino: Contribuições, Desafios e Perspectivas na Educação

Autores

  • João Ribeiro Neto Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Educacional. CE, Brasil. Rede Municipal de Educação de Pentecoste. CE, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-8507-971X
  • Lucas Emanuel de Oliveira Maia Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática. CE, Brasil. https://orcid.org/0000-0001-5471-7881
  • Daniel Brandão Menezes Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Educacional. CE, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-5930-7969
  • Francisco Herbert Lima Vasconcelos Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Educacional. CE, Brasil. Secretaria de Educação do Município de Sobral. CE, Brasil. https://orcid.org/0000-0003-4896-9024

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8733.2024v25n1p107-115

Resumo

A cultura maker tem emergido como uma abordagem inovadora e promissora para o ensino e aprendizagem em diversas áreas do conhecimento. Com base nos princípios da experimentação, da colaboração e do "faça você mesmo", a cultura maker encoraja professores a se reinventarem e estudantes a se tornarem protagonistas de sua própria aprendizagem. Este estudo apresenta uma Revisão Sistemática da Literatura (RSL) abordando uma análise sobre a cultura maker na educação, contribuições e desafios para o ensino e aprendizagem. A etapa de busca ocorreu em bases de dados nacionais e internacionais, com marco temporal de 10 anos, em idioma Português/Inglês. A Revisão Sistemática da Literatura teve como intervalo de tempo de estudo os dias 4 de março de 2023 a 30 de junho de 2023, com objetivo de quantificar e analisar os trabalhos sobre a cultura maker na educação. Para a construção do escopo da pesquisa e metodologia foi utilizado o protocolo de Kitchenham (2009) para garantir a confiabilidade e a técnica adequada a ser utilizada, uma vez que esse protocolo permite examinar os dados de modo metódico e sistemático. Assim, durante as pesquisas foram utilizados strings e operadores booleanos nas bases de dados. Como resultado se pode inferir que a educação maker é uma metodologia ativa de ensino que, quando bem utilizada na educação, se mostra uma excelente ferramenta para o ensino e aprendizagem. Logo, é necessário uma nova dinâmica, um novo enfoque e seriedade para enfrentar os obstáculos que ainda persistem e limitam as novas práticas e o avanço da educação maker.

Palavras-chave: Maker Culture. Education Maker. Active Teaching Methodology. Manufacturing Technologies.

Abstract

The maker culture has emerged as an innovative and promising approach to teaching and learning in several areas of knowledge. Based on the principles of experimentation, collaboration and "do it yourself", the maker culture encourages teachers to reinvent themselves and students to become protagonists of their own learning. This study presents a Systematic Literature Review (SLR) addressing an analysis of the maker culture in education, contributions and challenges for teaching and learning. The search stage took place in national and international databases, with a timeframe of ten years, in Portuguese/English. The RSL had as study time interval from March 4th, 2023 to June 30th, 2023, with the objective of quantifying and analyzing the works on the maker culture in education. For the construction of the scope of the research and methodology, we used the Kitchenham protocol (2009) to guarantee the reliability and the adequate technique to be used, since this protocol allows to examine the data in a methodical and systematic way. Thus, during the research, strings and boolean operators were used in the databases. As a result, we can infer that maker education is an active teaching methodology that, when well used in education, proves to be an excellent tool for teaching and learning. Therefore, a new dynamic is needed, a new focus and seriousness to face the obstacles that still persist and limit the new practices and the advancement of maker education.

Keywords: Maker Culture. Education Maker. Active Teaching Methodology. Manufacturing Technologies.

Biografia do Autor

João Ribeiro Neto, Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Educacional. CE, Brasil. Rede Municipal de Educação de Pentecoste. CE, Brasil.

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Educacional (PPGTE) da Universidade Federal do Ceará (UFC) e integrante do Grupo de Pesquisa do Laboratório Digital Educacional (LDE) da Universidade Federal do Ceará (UFC), na linha de pesquisa Gestão e Políticas em Tecnologia Educacional. Especialista em Educação a Distância: Fundamentos e Ferramentas pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), Especialista em Linguagens, suas tecnologias e o Mundo do Trabalho pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), Especialista em Ensino de Xadrez e o Mundo do Trabalho pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), Especialista em Gestão e Coordenação Escolar pela faculdade Única de Ipatinga. Licenciado em Computação pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), licenciado em Educação Física pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Professor de Lab. de Informática da Rede Municipal de Educação de Pentecoste - Ce, Coordenador Escolar e Bolsista Coordenador Setorial (região litoral oeste) na Secretaria da Juventude e Esporte do Estado do Ceará. Tem experiência também em educação a distância

Lucas Emanuel de Oliveira Maia, Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática. CE, Brasil.

Mestre pelo Programa de Pós-graduação Mestrado Profissional em Ensino de Ciências e Matemática (ENCIMA) da Universidade Federal do Ceará (UFC) e integrante do Grupo de Pesquisa em Ensino e Tecnologias Educacionais (PETE) e o Grupo de Estudos e Pesquisa Tecendo Redes Cognitivas de Aprendizagem (G-TERCOA) da Universidade Federal do Ceará (UFC). Especialista em Matemática para o Ensino Médio (IFRN), Docência Pedagógica e práticas Matemáticas (PROMINAS), graduações em administração (UNILAB), Eng. Eletricista (UnP) e Licenciado em matemática (IFRN). Tem experiência na área de Educação, esino de Matemática e suas tecnologias com foco na Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio.

Daniel Brandão Menezes, Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Educacional. CE, Brasil.

Possui graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), Bacharelado em Segurança Pública pela Academia de Polícia Militar General Edgard Facó, Mestre em Matemática pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Especialista em Ciências Jurídicas e Bacharel em Direito pela Universidade Cruzeiro do Sul (UniCSul), Doutor em Educação Brasileira na linha de pesquisa Educação, Currículo e Ensino no eixo Ensino de Matemática pela UFC e Pós-doutor em Educação Brasileira na linha de pesquisa História e Educação Comparada pela UFC. Desenvolve projetos de pesquisas com foco na inovação pedagógica e tecnológica dos professores e orienta bolsistas PIBIC e PIBITI, financiados pelo CNPq e Funcap. Bolsista Pesquisador de Interiorização - BPI FUNCAP 2020 - 2022. Docente e pesquisador da Universidade Estadual Vale do Acaraú. Professor permanente do Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional em cooperação técnica com a SEDUC - CE e Professor Pesquisador Voluntário do Programa de Pós-Graduação em Ensino da Rede Nordeste de Ensino - PÓLO RENOEN-UFC.

Francisco Herbert Lima Vasconcelos, Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Educacional. CE, Brasil. Secretaria de Educação do Município de Sobral. CE, Brasil.

Professor efetivo Adjunto III da Universidade Federal do Ceará (UFC). Possui Doutorado em Avaliação da Efetividade e do Desempenho da Aprendizagem com Análise Multidimensional e Multilinear, em Engenharia de Teleinformática, também pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Atualmente é Secretário da Educação do Município de Sobral-CE.

Downloads

Publicado

2024-03-14

Como Citar

RIBEIRO NETO, João; MAIA, Lucas Emanuel de Oliveira; MENEZES, Daniel Brandão; VASCONCELOS, Francisco Herbert Lima. A Cultura Maker como Metodologia Ativa de Ensino: Contribuições, Desafios e Perspectivas na Educação. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, [S. l.], v. 25, n. 1, p. 107–115, 2024. DOI: 10.17921/2447-8733.2024v25n1p107-115. Disponível em: https://revistaensinoeeducacao.pgsscogna.com.br/ensino/article/view/11179. Acesso em: 13 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos