Conhecimento dos Alunos e a Avaliação e uma Sequência Didática sobre Radicais Livres, Antioxidantes e Compostos Fenólicos no Ensino Básico

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8733.2024v25n1p02-08

Resumo

A temática “radicais livres, antioxidantes e compostos fenólicos” está intrinsecamente relacionada à química orgânica no Ensino Médio. Diante disso, este estudo objetivou avaliar o conhecimento dos alunos do Ensino Médio e uma sequência didática sobre esta temática. Para tal, foi eleito um público de 82 alunos, o equivalente a quatro turmas da 3ª série do Ensino Médio, de três escolas da rede pública de ensino do município de Abaetetuba-PA, os quais realizaram uma atividade teórico-prática em sala de aula e, posteriormente, realizou-se a aplicação de um questionário com perguntas fechadas sobre o cotidiano e conhecimento dos discentes em relação ao tema em questão, ensino de química e avaliação da sequência didática, cujos dados foram analisados, quantitativamente, gerando frequências e subsidiando a elaboração de tabelas. Os resultados revelaram que os alunos apresentaram pouco conhecimento em relação ao assunto, apesar deste tema estar presente no cotidiano, demonstrando as deficiências do ensino de química quanto à contextualização, experimentação científica escolar e, principalmente, à temática radicais livres, antioxidantes e compostos fenólicos. Com relação à sequência didática proposta, os alunos atribuíram conceitos “bom ou excelente” para sua dinâmica. Portanto, o referido conhecimento químico pode ser mais bem trabalhado com o uso desta sequência didática, a qual despertou a motivação, curiosidade e participação dos alunos, além de contribuir para a assimilação dos conceitos e contextualização.

Palavras-chave: Ensino de Química. Experimentação Científica Escolar. Funções Orgânicas.

Abstract
The theme “free radicals, antioxidants and phenolic compounds” is intrinsically related to organic chemistry in high school. Therefore, this study aimed to evaluate the knowledge of high school students and a didactic sequence on this topic. For this, an audience of 82 students was elected, the equivalent of four classes of the 3rd grade of high school, from three public schools in the municipality of Abaetetuba-PA, when a theoretical-practical activity was carried out in the classroom , and later, a questionnaire was applied with closed questions about the students’ daily life and knowledge regarding the subject in question, teaching chemistry and evaluation of the didactic sequence, whose data were analyzed, quantitatively, generating frequencies and subsidizing the elaboration of tables. The results showed that the students had little knowledge on the subject, despite this theme is present in everyday life, demonstrating the deficiencies of chemistry teaching regarding contextualization, school scientific experimentation, and, mainly, the theme free radicals, antioxidants, and phenolic compounds. Regarding the proposed didactic sequence, the students attributed concepts “good or excellent” to its dynamics. Therefore, the aforementioned chemical knowledge can be better worked with the use of this didactic sequence, which aroused the students’ motivation, curiosity and participation, in addition to contributing to the assimilation of concepts and contextualization.

Keywords: Teaching. School Experimentation. Chemical Functions.

Biografia do Autor

Janaina Pinheiro Goncalves, Secretaria Municipal de Educação de Abaetetuba. PA, Brasil.

Possui graduação em Licenciatura Plena em Ciências Naturais-Química pela Universidade do Estado do Pará (2013) e mestrado em Ciencias Ambientais pela Universidade do Estado do Pará (2016), atuando principalmente nos seguintes temas: análises quimicas de óleos vegetais, metabólitos secundários, enzima peroxidase, etnobotanica, etnofarmacologia e agrobiodiversidade em Comunidades Amazônicas, ensino de química geral e orgânica. Atualmente é doutoranda em Biodiversidade e Biotecnologia da Rede BIONORTE/UFPA, trabalhando com Etnoconhecimento e o Manejo da Agrobiodiversidade em Sistemas de Produção na Amazônia Oriental, além de compor os grupos de pesquisa de Estudo da Vegetação dos Ambientes Amazônicos e Estudos da Biodiversidade e Sustentabilidade na Amazônia Tocantina. Além disso, atua como professora de Química na Secretaria de Estado e Educação do Pará e como técnica na Coordenação de Educação do campo, da Secretaria Municipal de Educação de Abaetetuba, Pará, sendo responsável pelas ações pedagógicas e de cunho formativo das escolar que pertencem à Educação Quilombola Municipal.

Kelma da Conceição Bitencourt, : Universidade do Estado do Pará. PA, Brasil.

Graduação em Licenciatura Plena em Ciências Naturais com Habilitação em Química pela Universidade do Estado do Pará -UEPA. Bolsista no programa residência pedagógica.

Nara Lilian Pires e Pires, : Universidade do Estado do Pará. PA, Brasil.

Graduação em Licenciatura Plena em Ciências Naturais com Habilitação em Química pela Universidade do Estado do Pará- UEPA. Bolsista no programa residência pedagógica.

Pablo Luís Baia Figueiredo, Universidade do Estado do Pará. PA, Brasil.

Graduação em Licenciatura Plena em Química pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Doutorado em química de produtos naturais pela UFPA. Professor auxiliar I do departamento de ciências naturais da Universidade do Estado do Pará (UEPA). Membro do grupo de pesquisa em “química, ensino de química e meio ambiente” da UEPA.

Ionara Antunes Terra, Universidade do Estado do Pará. PA, Brasil.

Possui Graduação em Farmácia - Modalidade farmacêutico pela Universidade Federal de Santa Maria/RS (1994). Especialização em Docência do Ensino Superior pela Universidade Federal do Pará (1997). Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Luterana do Brasil/RS (2005). Doutorado em Biologia Celular e Molecular pela Universidade Luterana do Brasil/RS (2016). Professora Assistente IV da Universidade do Estado do Pará e também professora pesquisadora na área da Química da Universidade do Estado do Pará atuando, principalmente, nas seguintes linhas de pesquisa: Ensino de Ciências, Ensino de Química, Produtos Naturais e Farmacológicos.

João da Silva Carneiro, Universidade do Estado do Pará. PA, Brasil.

Possui graduação em Química pela Universidade Federal do Pará (2001), mestrado em química orgânica pela Universidade Federal do Pará (2005) e doutorado em Química Orgânica pela Universidade Federal do Pará (2010). Atualmente é professor adjunto IV da Universidade do Estado do Pará (UEPA), com dedicação exclusiva. Está como coordenador do Curso de Licenciatura Plena em Química (2018-2020), portaria 1837/18. Foi membro do Comitê Científico da UEPA, nos períodos 2016-2018 e 2018-2020. É líder do grupo de pesquisa intitulado: Química, Ensino de Química e Meio Ambiente, criado em 2015. Tem experiência na área de Química, com ênfase em Química Orgânica, atuando, principalmente, nos seguintes temas: produtos naturais, fitoquímica, cromatografia e óleos essenciais, bem como, no estudo de Biomoléculas, com enfase ao estudo Enzimas lipases e peroxidases de fontes vegetais e reações de bio-transformação, possuindo nessa área uma Patente, registrada sob o número BR1020190139340. Possui larga experiência no Ensino de Química, com o uso de metodologias ativas, nas linhas de pesquisas: ensaios de química aplicados ao ensino, estudo de recursos e produtos naturais da Amazônia, Abordagens interdisciplinares no Ensino de Ciências e Química e educação ambiental.

Downloads

Publicado

2024-03-14

Como Citar

GONCALVES, Janaina Pinheiro; BITENCOURT, Kelma da Conceição; PIRES, Nara Lilian Pires e; FIGUEIREDO, Pablo Luís Baia; TERRA, Ionara Antunes; CARNEIRO, João da Silva. Conhecimento dos Alunos e a Avaliação e uma Sequência Didática sobre Radicais Livres, Antioxidantes e Compostos Fenólicos no Ensino Básico. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, [S. l.], v. 25, n. 1, p. 02–08, 2024. DOI: 10.17921/2447-8733.2024v25n1p02-08. Disponível em: https://revistaensinoeeducacao.pgsscogna.com.br/ensino/article/view/9868. Acesso em: 13 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos