Estudo Prospectivo das Ferramentas no Combate as Fake News

Autores

  • Luiz Antonio da Silva Goncalves Universidade Federal da Bahia. BA, Brasil.
  • Francisco José Pacheco dos Santos Universidade Federal da Bahia, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Difusão do Conhecimento. BA, Brasil.
  • Aline da Cruz Porto Silva Universidade Federal da Bahia, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Difusão do Conhecimento. BA, Brasil.
  • Rosane Cristina Prudente Rose Thioune Universidade Federal da Bahia, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Difusão do Conhecimento. BA, Brasil.
  • Adarita Souza da Silva Universidade Federal da Bahia, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Difusão do Conhecimento. BA, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8733.2023v24n4p513-521

Resumo

Fake News são informações falsas divulgadas entre a população como se fosse verdade. Assim, quem lê esse tipo de notícia é levado a acreditar no que está escrito, principalmente se a notícia trata de um tema favorável às crenças do leitor ou, ainda, se não tem uma posição formada acerca de determinado assunto. As notícias falsas podem ser criadas e divulgadas por diversos meios, como mídias sociais, sites e meios de comunicação tradicionais. O trabalho teve o objetivo de realizar um estudo prospectivo de soluções de inteligência artificial com potencial de utilização, e, para tanto, foram levantadas as patentes depositadas no Espacenet, INPI e o Orbit. Do ponto de vista metodológico, trata-se de uma pesquisa exploratória aplicada a uma revisão sistemática, pois busca reunir, avaliar e sintetizar evidências relevantes de estudos individuais sobre a Fake News de forma sistemática e transparente. A prospecção aponta para uma necessidade de maior ênfase em Pesquisa e Desenvolvimento no Brasil em relação a um tema estudado, destacando a Coreia do Sul como uma referência positiva na difusão dessas tecnologias. A existência de iniciativas governamentais no Brasil é um passo na direção certa, mas um compromisso contínuo e estratégico provavelmente será necessário para que o país alcance um desenvolvimento mais robusto nessa área.

Palavras-chave: Fake News. Prospecção. Inteligência Artificial. Patente.

Abstract
Fake News is false information disseminated among the population as if it were true. Thus, anyone who reads this type of news is led to believe what is written, especially if the news deals with a topic favorable to the reader's beliefs or, even, if they do not have a formed position on a certain subject. Fake news can be created and disseminated through various means, such as social media, websites and traditional media outlets. The aim of the work was to carry out a prospective study of artificial intelligence solutions with potential for use, and, to this end, patents filed with Espacenet, INPI and Orbit were raised. From a methodological point of view, this is exploratory research applied to a systematic review, as it seeks to gather, evaluate and synthesize relevant evidence from individual studies on Fake News in a systematic and transparent way. The prospection points to a need for greater emphasis on Research and Development in Brazil in relation to a topic studied, highlighting South Korea as a positive reference in the dissemination of these technologies. The existence of government initiatives in Brazil is a step in the right direction, but a continued and strategic commitment will likely be necessary for the country to achieve more robust development in this area.

Keywords: Fake News. Prospection. Artificial intelligence. Patent.

Biografia do Autor

Francisco José Pacheco dos Santos, Universidade Federal da Bahia, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Difusão do Conhecimento. BA, Brasil.

Doutorando em Difusão do Conhecimento pela Universidade Federal da Bahia - DMMDC/UFBA, Mestre em Saúde Comunitária pelo Instituto de Saúde coletiva - ISC/UFBA e Graduado em Farmácia.

Aline da Cruz Porto Silva, Universidade Federal da Bahia, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Difusão do Conhecimento. BA, Brasil.

Doutoranda em Difusão do Conhecimento pela Universidade Federal da Bahia-  DMMDC/UFBA, Mestra em Tecnologia da Educação Aplicada a Educação pela Universidade Estadual da Bahia - GESTEC/UNEB e Licenciada em Letras  e respectivas literatura

Rosane Cristina Prudente Rose Thioune, Universidade Federal da Bahia, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Difusão do Conhecimento. BA, Brasil.

Doutoranda em Difusão do Conhecimento pela Universidade Federal da Bahia - DMMDC/UFBA, Mestra em Cultura e Sociedade pela Universidade Federal da Bahia - POS-CULTURA/UFBA e Licenciada em Língua e Literatura Portuguesa.

Adarita Souza da Silva, Universidade Federal da Bahia, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Difusão do Conhecimento. BA, Brasil.

Doutoranda em Difusão do Conhecimento pela Universidade Federal da Bahia - DMMDC/UFBA, Mestra em Educação pela Universidade Estadual de Feira de Santana - PPGE/UEFS e Licenciada em Pedagogia

Downloads

Publicado

2024-01-03

Como Citar

GONCALVES, L. A. da S.; JOSÉ PACHECO DOS SANTOS, F. .; DA CRUZ PORTO SILVA, A. .; THIOUNE, R. C. P. R.; SILVA, A. S. da. Estudo Prospectivo das Ferramentas no Combate as Fake News . Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, [S. l.], v. 24, n. 4, p. 513–521, 2024. DOI: 10.17921/2447-8733.2023v24n4p513-521. Disponível em: https://revistaensinoeeducacao.pgsscogna.com.br/ensino/article/view/10032. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos