A Educação Corporativa Empreendedora (ECE) como Estratégia de Formação Continuada: um Relato de Experiência

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8733.2023v24n4p593-599

Resumo

A Educação Corporativa ocorre dentro da organização, visando desenvolver os colaboradores para melhor atuarem em suas atividades. Por outro lado, a Educação Empreendedora está voltada para o desenvolvimento de competências empreendedoras. Nesse caminho, nosso artigo está voltado para as empresas que investem no desenvolvimento de seu colaborador para além de suas atribuições, instigando competências que potencializam os resultados de seu trabalho, tornando-o um ator ativo na busca por novas e melhores possibilidades para todas as atividades, o que se trata da Educação Corporativa Empreendedora (ECE). Assim, este artigo possui como objetivo discutir sobre as vantagens competitivas da ECE a partir do desenvolvimento das competências intraempreendedoras de seus colaboradores. A pesquisa foi desenvolvida por meio de uma abordagem qualitativa, com uma narrativa por meio de relato de experiência, realizado a partir das observações de um dos autores em dois cursos organizacionais. A partir da metodologia empregada e revisão de literatura, constatamos que a Educação Corporativa Empreendedora (ECE) promove: 1. Vantagens competitivas pela formação continuada de seus colaboradores que se mantém sempre atualizados; 2. O desenvolvimento de competências necessárias para a atualidade e o futuro, como por exemplo, criatividade, criticidade, resiliência, dinamicidade, autonomia e boa comunicação, que qualificam o profissional e seu trabalho/produto; e 3. A retenção de talentos pela relação de valorização. Acreditamos que os achados deste estudo contribuem para os avanços da temática e podem ser ampliados com pesquisas empíricas e outras revisões.

Palavras-chave: Competências Empreendedoras. Vantagens. Desenvolvimento Organizacional.

Abstract
Corporate Education takes place within the organization, aiming to develop employees to better perform their activities. Entrepreneurial Education, on the other hand, is focused on the development of entrepreneurial competencies. In this path, our article is focused on companies that invest in the development of their collaborators beyond their attributions, instigating competencies that enhance the results of their work, making them active players in the search for new and better possibilities for all activities, which is the Entrepreneurial Corporate Education (ECE). Thus, this article aims to discuss the competitive advantages of ECE based on the development of intrapreneurial employees. The research was developed through a qualitative approach, with a narrative by means of an experience report, carried out from the observations of one of the authors in two organizational courses. Based on the methodology used and the literature review, we found that Entrepreneurial Corporate Education (ECE) promotes: 1. competitive advantages through the continuous training of its employees who always keep themselves updated; 2. the development of competencies necessary for the present and the future, such as creativity, critical thinking, resilience, dynamism, autonomy, and good communication, which qualify the professional and his work/product; and 3. The retention of talents through the valorization relationship. We believe that the findings of this study contribute to the advancement of the theme and can be expanded with empirical research and other reviews.

Keywords: Entrepreneurial Competencies. Benefits. Development Organizational.

Biografia do Autor

Louise de Quadros da Silva, Universidade La Salle Canoas, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação. RS, Brasil.

Doutoranda e Mestra em Educação pela Universidade La Salle Canoas. Bolsista CAPES. Integrante do grupo de pesquisa Gestão Educacional nos diferentes contextos. Av. Victor Barreto, 2288 - Centro, Canoas.

Idio Fridolino Altmann, Universidade La Salle Canoas, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação. RS, Brasil.

Doutorando e Mestre em Educação na Universidade La Salle. Bolsista CAPES. Especialista em Gerenciamento de Projetos. Integrante do grupo de pesquisa Gestão Educacional nos diferentes contextos. Av. Victor Barreto, 2288 - Centro, Canoas. 

Hildegard Susana Jung, Universidade La Salle Canoas, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Educação. RS, Brasil.

Doutora em Educação. Docente do Curso de Pedagogia e coordenadora do PPG Educação da Universidade La Salle Canoas/RS. Integrante do grupo de pesquisa Gestão Educacional nos Diferentes Contextos. Av. Victor Barreto, 2288 - Centro, Canoas.

Ingridi Vargas Bortoloso, Universidade La Salle Canoas, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação e Memória Social e Bens Culturais. RS, Brasil.

Doutora em Administração pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Docente do PPG Educação e Memória Social e Bens Culturais da Universidade La Salle. Integrante dos Grupos de pesquisa: NORI - Núcleo de gestão de operações e relações interorganizacionais UNISC/CNPq; Grupo de Estudo sobre Redes Interorganizacionais - GeRedes - UNISINOS/CNPq e Estratégias Regionais LaSalle/CNP, e do grupo de pesquisa Gestão Educacional nos diferentes contextos.

Downloads

Publicado

2024-01-03

Como Citar

SILVA, L. de Q. da; ALTMANN, I. F.; JUNG, H. S.; BORTOLOSO, I. V. A Educação Corporativa Empreendedora (ECE) como Estratégia de Formação Continuada: um Relato de Experiência. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, [S. l.], v. 24, n. 4, p. 593–599, 2024. DOI: 10.17921/2447-8733.2023v24n4p593-599. Disponível em: https://revistaensinoeeducacao.pgsscogna.com.br/ensino/article/view/10705. Acesso em: 29 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos