Estratégias Autorregulatórias e Comportamentais Empregadas por Estudantes do Ensino Médio Durante as Aulas de Química: um Estudo de Caso

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8733.2024v25n1p81-87

Resumo

A autorregulação da aprendizagem é uma abordagem relevante para ser promovida na escola, pois a sua inserção oportuniza o desenvolvimento de estratégias autorregulatórias que contribuem para uma aprendizagem mais satisfatória dos alunos. Diante disso, o objetivo desta pesquisa é identificar as estratégias autorregulatórias empregadas pelos estudantes do 1° ano do curso técnico integrado do IFRN – campus Pau dos Ferros e comparar com aspectos comportamentais observados durante as aulas da disciplina de Introdução a Química dos Alimentos. Para isso, foi realizada uma observação não-participante e uma intervenção para a promoção da autorregulação da aprendizagem juntamente com a aplicação do Inventário de Processos de Autorregulação da Aprendizagem (IPAAr), subdividido em três fases: planificação, execução e avaliação. Como resultados, foi possível perceber que os alunos já dispõem de um certo nível de autorregulação com relação a sua própria aprendizagem e demonstram isso no comportamento empregado em sala de aula. Em conclusão, a realização deste trabalho teve uma influência positiva para o contexto escolar que foi aplicada, em especial, para com os alunos participantes da pesquisa. Espera-se com os resultados da presente pesquisa contribuir para posteriores pesquisas e estudos acerca da promoção da autorregulação da aprendizagem na Educação Básica, em especial, no Ensino Médio.

Palavras-chave: Autorregulação da Aprendizagem. Aquisição de Conhecimentos. Química. Educação Básica

Abstract

Learning self-regulation is a relevant approach to be promoted at school, as its insertion provides opportunities for the development of self-regulatory strategies that contribute to more satisfactory learning for students. In view of this, the objective of this research is to identify the self-regulatory strategies employed by students of the 1st year of the integrated technical course at IFRN – Pau dos Ferros campus and compare them with behavioral aspects observed during the Introduction to Food Chemistry classes. For this, a non-participant observation and an intervention were carried out to promote self-regulation of learning together with the application of the Inventory of Self-Regulation Processes of Learning (IPAAr), subdivided into three phases: planning, execution and evaluation. As a result, it was possible to perceive that students already have a certain level of self-regulation in relation to their own learning and demonstrate this in the behavior used in the classroom. In conclusion, carrying out this work had a positive influence on the school context in which it was applied, especially on the students’ participation in the research. The results of this research are expected to contribute to further research and studies about the promotion of self-regulated learning in basic education, especially in secondary education.

Keywords: Learning Self-Regulation. Knowledge Acquisition. Chemical. Basic Education.

Biografia do Autor

Ana Caroline da Silva Avelino, Instituto Federal do Rio Grande do Norte. RN, Brasil.

Mestranda em Ensino de Ciências Exatas e Naturais pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN). Pós-graduanda em Educação Ambiental e Geografia do Semiárido (IFRN-ZL). Graduada em Licenciatura Plena em Química pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN). Título de publicação mais destacada: Autorregulação da aprendizagem na formação inicial de professores: uma análise curricular dos cursos de licenciatura do IFRN.

Ayla Márcia Cordeiro Bizerra, Instituto Federal do Rio Grande do Norte. RN, Brasil.

Possui graduação em Licenciatura em Química pela Universidade Federal do Ceará (2005), tendo concluído mestrado (2008) e doutorado (2012) em Química, com área de concentração em Química Orgânica na referida instituição. Realizou ainda um doutorado sanduíche na Universid de Oviedo (UniOvi), na Espanha (2009). Atualmente é professora do quadro efetivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), campus Pau dos Ferros e atua em colaboração com o Programa de Pós-Graduação em Ensino (PPGE) da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN).

Downloads

Publicado

2024-03-14

Como Citar

AVELINO, Ana Caroline da Silva; BIZERRA, Ayla Márcia Cordeiro. Estratégias Autorregulatórias e Comportamentais Empregadas por Estudantes do Ensino Médio Durante as Aulas de Química: um Estudo de Caso. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, [S. l.], v. 25, n. 1, p. 81–87, 2024. DOI: 10.17921/2447-8733.2024v25n1p81-87. Disponível em: https://revistaensinoeeducacao.pgsscogna.com.br/ensino/article/view/10613. Acesso em: 13 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos