Mapeamento da Produção Relacionada às Metodologias Ativas na Educação: Conceituação e Tendências

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8733.2024v25n1p51-59

Resumo

Este artigo discute a tendência da produção acadêmica sobre Metodologias Ativas no contexto da Educação contemporânea, sustentando a utilização majoritária na área da saúde e a consolidação da concepção de que, metodologicamente, é proveitosa para o processo de ensino-aprendizagem e produção de conhecimento com autonomia e motivação. Para isso, realizou-se uma Revisão Sistemática de Literatura, que reúne experiências e concepções sobre as Metodologias Ativas. A coleta de dados ocorreu na primeira semana de setembro de 2022 na base de dados do Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e na base A Scientific Electronic Library (SciELO). Fizeram parte da coleta apenas artigos de periódicos revisados por pares, publicados entre 2018 e 2022, em língua portuguesa. A partir das definições, critérios e combinações de palavras-chave definidas para o estudo, foram localizadas 1757 publicações. A amostra final foi composta por vinte artigos. De acordo com os resultados evidenciados, houve uma propensão a ponderar as Metodologias Ativas como vantajosas para o processo de ensino-aprendizagem, conquanto também se tenham feito observações quanto à formação docente, assinalada como um obstáculo para sua ampla adoção. Ressalta-se, ainda, que há mais produções relacionadas à Educação Superior em detrimento das demais etapas educacionais, bem como são indicados desafios quanto à defasagem na formação docente no que tange à temática.

Palavras-chave: Práticas Pedagógicas. Metodologias de Ensino. Ensino Superior. Processo de Ensino-Aprendizagem.

Abstract
This article discusses the tendency of academic production on Active Methodologies in the context of contemporary Education, supporting the majority use in the health area and consolidation of the conception that, methodologically is useful for the teaching-learning process and production of knowledge with autonomy and motivation. For this, a Systematic Literature Review was carried out, which brings together experiences and conceptions about Active Methodologies. The data collection process took place in the first week of September 2022 in the database of the Portal de Periódicos of the Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel (CAPES) and in the database A Scientific Electronic Library (SciELO). Only articles from peer-reviewed journals, published between 2018 and 2022, in Portuguese were part of the collection. From the definitions, criteria and combinations of keywords defined for the study, 1757 publications were located. The final sample consisted of 20 articles. According to the evidenced results, there was a propensity to consider the Active Methodologies as advantageous for the teaching-learning process, although observations were also made regarding teacher training, identified as an obstacle to their wide use. It is also noteworthy that there are more productions related to Higher Education to the detriment of other educational stages, as well as challenges are indicated regarding the gap in teacher training regarding the theme.

Keywords: Pedagogical Practices. Teaching Methodologies. University Education. Teaching-Learning Process.

Biografia do Autor

Alessandra Ferreira dos Santos, Universidade Federal de Mato Grosso, Programa de Pós-Graduação em Educação. MT, Brasil.

Mestre no Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso (PPGE/UFMT).

Ana Lara Casagrande, Universidade Federal de Mato Grosso, Programa de Pós-Graduação em Educação. MT, Brasil. Universidade Federal de Mato Grosso, Departamento de Ensino e Organização Escolar. MT, Brasil.

Professora Adjunta da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), Departamento de Ensino e Organização Escolar (DEOE). Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/UFMT). Atividades Complementares. Atuação junto à Equipe Multidisciplinar da Secretaria de Tecnologia Educacional (SETEC). Membro do Laboratório de Estudos sobre Tecnologias da Informação e Comunicação (LÊTECE), vinculado ao Instituto de Educação da UFMT. Doutora e Pós-doutora em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, UNESP, Brasil.

Letícia Aquino da Silva, Universidade Federal de Mato Grosso, Programa de Pós-Graduação em Educação. MT, Brasil.

Mestranda no Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso (PPGE/UFMT).

Cristiane Koehler, Universidade Federal de Mato Grosso, Programa de Pós-Graduação em Educação. MT, Brasil.

Doutora em Educação, professora adjunta da Universidade Federal de Mato Grosso. 

Downloads

Publicado

2024-03-14

Como Citar

SANTOS, Alessandra Ferreira dos; CASAGRANDE, Ana Lara; SILVA, Letícia Aquino da; KOEHLER, Cristiane. Mapeamento da Produção Relacionada às Metodologias Ativas na Educação: Conceituação e Tendências. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, [S. l.], v. 25, n. 1, p. 51–59, 2024. DOI: 10.17921/2447-8733.2024v25n1p51-59. Disponível em: https://revistaensinoeeducacao.pgsscogna.com.br/ensino/article/view/10532. Acesso em: 13 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos