Physical Education and the Significant Human Movement: a Phenomenological Look

Autores

  • Aguinaldo Cesar Surdi Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Departamento de Educação Física. RN, Brasil.
  • George Tawliston Soares Gadêlha Rede Estadual do Rio Grande do Norte. RN, Brasil.
  • Elenor Kunz Universidade Federal de Santa Catarina. RN, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8733.2023v24n4p493-498

Resumo

O estudo do movimento humano pode ser estudado de várias formas. O trabalho aqui exposto procura desenvolver uma reflexão filosófica sobre o movimento humano. Com base na fenomenologia, preocupou-se em mostrar que o ser humano que se movimenta tem um enorme potencial que possibilita compreender o movimento humano de forma significativa. A fenomenologia entende como mais importante as pessoas que se movimentam e não as formas preestabelecidas de movimento, abrindo, assim, inúmeras oportunidades para o poder humano de criação e invenção de movimentos, com intenção de compreender o mundo pela ação. Os professores devem procurar entender de forma mais ampla o sentido do movimento humano. Este procedimento pode ser feito através de um engajamento maior em estudos baseados na filosofia e sociologia. Uma reflexão nesta ordem pode ampliar o direcionamento das pessoas na busca de sua autonomia. O ensino problematizador deve ser enfatizado. Os alunos devem ser instigados a se-movimentar de forma própria a construir e criar novas formas de movimento que estimule a criatividade e o prazer. O professor pode perguntar mais e responder menos. A multiplicidade de ideias e de respostas favorece um ambiente dialógico. Esta troca dialética de informações entre os alunos para resolver um determinado problema, mostra que o aluno é o centro do processo da aprendizagem e com isto se acha importante. Assim, ele se torna cada vez mais capaz de tomar suas próprias decisões, tanto na sala de aula como fora dela.

Palavras-chave: Movimento Humano Significativo. Fenomenologia. Educação Física.

Abstract
The study of human movement can be studied in several ways. The work presented herein seeks to develop a philosophical reflection on human movement. Based on phenomenology, it is concerned with showing that human beings who move have enormous potential which makes it possible to understand human movement in a significant way. Phenomenology understands people who move as more important and not the pre-established forms of movement, thus opening innumerable opportunities for the human power of creation and invention of movements with the intention of understanding the world by action. Teachers should seek to understand more broadly the meaning of human movement. This procedure can be done through greater engagement in studies based on philosophy and sociology. A reflection in this order can broaden the direction of people in the search for their autonomy. Problem-solving teaching should be emphasized. Students must be encouraged to move in their own way to build and create new forms of movement that stimulate creativity and pleasure. The teacher can ask more and answer less. The multiplicity of ideas and responses favors a dialogic environment. This dialectical exchange of information between students to solve a given problem shows that the student is at the center of the learning process and with this he thinks he is important. Thus, he becomes increasingly able to make his own decisions, both in the classroom and outside.

Keywords: Significant Human Movement. Phenomenology. Physical Education.

Downloads

Publicado

2024-01-03

Como Citar

SURDI, Aguinaldo Cesar; GADÊLHA, George Tawliston Soares; KUNZ, Elenor. Physical Education and the Significant Human Movement: a Phenomenological Look. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, [S. l.], v. 24, n. 4, p. 493–498, 2024. DOI: 10.17921/2447-8733.2023v24n4p493-498. Disponível em: https://revistaensinoeeducacao.pgsscogna.com.br/ensino/article/view/10232. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos